segunda-feira, outubro 10, 2005

5º Candidato

Nome: Jerónimo de Sousa

Resumo: É o Candidato do PCP à Presidência da Republica. Havia de ser engraçado ter um presidente Comunista, a América cortava relações com o nosso país, tal como acontece com Cuba (mas eles ainda têm os charutos para contrabandear para a América, nos só temos galos de Barcelos e cozido à Portuguesa). O Bush começava a tentar convencer Espanha a invadir Portugal, tal como fizeram depois do 25 de Abril com medo da ameaça Comunista... mas isso agora não interessa para nada.

Vamos antes falar do Fred Astaire da política. Com nome de um conhecido Chefe Índio (ou para quem sofre de um excesso de ‘Correcção Politica’, Nativo Americano) que se fartou de matar capitalistas americanos, e com uns pés de baile dignos do Ballet Russo, Jerónimo de Sousa volta a candidatar-se ás presidenciais após 8 anos de intervalo.
Dizem as más-línguas (eu), que ele apenas voltou a candidatar-se depois de tanto tempo, para ver se as imagens de um comício do PCP, no qual ele depois de uns copitos generosos, se pôs a dançar ao som do Vira, saiam da memória do povo. De facto já ninguém se lembrava, e com ninguém refiro-me a minha pessoa, mas a nossa querida televisão fez o favor de nos lembrar, tão belo momento da política portuguesa (nunca um candidato foi tão verdadeiro)
Que é que Jerónimo de Sousa promete fazer? O mesmo que os outros candidatos, passar 4 anos no Palácio de Belém e ser Comandante Supremo da Forças Armadas... trocando por miúdos uma mão cheia de nada...

Super Poderes: Blá blá blá blá

...e com este post acabo este (infeliz) ciclo sobre as presidências, espero ter sido imparcial, nos meus juízos de valor (:p) e que tenha ajudado para a vossa indecisão.

3 comentários:

Diana disse...

A falta de entusiasmo na escrita deste post leva-me a 2 conclusões:
a) ou o A não é comuna;
b) ou o A é comuna, mas não quer que ninguém desconfie.

Eu simpatizo com o homem. Deve ser por perceber perfeitamente o que é viver sem dominar a arte da dança.

Diana disse...

Para evitar confusões, estou a falar do Jerónimo, não do A.

A disse...

c) ou o A já andava farto destes tristes comentários politicos que andava a fazer;

..e nao foi assim tão desprovido de entusiasmo quanto isso :(