quinta-feira, fevereiro 12, 2009

Reviver o passado como se fosse o futuro relativamente ao passado!

Quarta-feira, Setembro 21, 2005
Génesis da Internet

No princípio existia os céus e a terra. E a terra era sem forma e vazia, havia trevas sobre a face do abismo, e o Homem movia-se sobre a terra.

E disse o Homem: Haja electricidade, e houve electricidade. E o Homem viu que era bom, e separou a luz do Sol, da luz da Rua. Chamou Dia á luz do Sol e happy hours à luz da Rua.

E disse o Homem: Alimente a electricidade os computadores. E apareceram os computadores.
E fez-se a separação entre as pessoas Saudáveis e os Cromos. E viu o Homem que era bom.

E disse o Homem: façam a Internet à imagem das nossas necessidades, e que esta domine sobre todas as coisas.
E foi criada a Internet, e o Homem viu que era bom

O Homem criou a cor, para encher a Internet de vida e imagens.
E os Cromos viram que era bom e encheram a Internet de pornografia e vírus.

O Homem queria castigar os Cromos pela sua irresponsabilidade, e expulsa-los da Internet, fazendo-os rastejar sobre o ventre e comer o pó da terra, mas a Internet já não se regia pelo Homem.
O Homem viu que isso não era bom.

O Homem criou a Firewall, e disse: protegerás o caminho da Internet dos Cromos, para que as pessoas Saudáveis andem livres pela Internet.
Mas era tarde, porque o Cromo era a mais astuta de todas as criaturas, e convenceu a pessoa Saudável a ir à Internet pelos caminhos perigosos, aos quais chamava Pop Ups e Spam, aliciando-as com Dinheiro Fácil e Penis Enlargements.

O Homem viu que isto não era mesmo nada bom...

14 comentários:

A disse...

como raramente digo de onde me surge a inspiração para o que escrevo, hoje vou dizer: foi inspirado do livro "anita a cavalo", o clássico!

Ricardo disse...

Dude, um dia quando fizeres uma compilação dos teus mini-contos e os lançares em livro, dá-me a honra de escrever o teu prefácio.

Ou de te tatuar uma mama.

Tu escolhes.

tiagugrilu disse...

Apesar da influência ser inegavelmente panilhas, o texto está masculamente bem escrito.

A disse...

ricardo, eu vou fazer tudo por tudo para que a segunda hipótese nunca se venha a realizar.

tiagugrilu, não digas mal da "anita a cavalo"! esta é a base de muitas das grandes histórias da literatura moderna.

Cris... disse...

O quê não era bom?
O spam, ou reparar que tem que enlargar o penis?

A disse...

era o spam no pénis :)

A disse...

...eu não ando mesmo nada feliz nos comentários que faço

grassa disse...

Spam no pénis, e squirt na cara delas.

Tu não andas feliz nos comentários, e eu não ando decente.

Estamos quites.

Cris... disse...

Mas andas feliz nas outras cenas, A?

A disse...

sempre, cris...

não andas decente? ao menos a gabardina da praxe, para além de que o efeito surpresa se perde bastante sem ela.

tiagugrilu disse...

Então e o senhor do laço?

- Nunca mais apareceu... Deve estar a estudar as cidades em que nasceram os autores europeus.

Mas eu vou escrever na mesma, e mando-te para mandares umas postas lá para cima.

A disse...

lol, pois não... as minhas manhãs já não são a mesma coisa, hoje até cheguei tarde ao trabalho e tudo à conta disso. se ele tiver realmente a fazer esse estudo, pode ser que esteja prestes a criar um programa só dele de meteorologia e poesia... isso era capaz de ser a melhor coisa alguma vez vista na televisão portuguesa desde aquele programa do maestro vitorino de almeida e da bárbara guimarães.

mas ainda bem que começas tu, porque eu tenho mesmo sérias dúvidas de conseguir começar alguma coisa à altura do senhor do laço.

CBlues disse...

Meu caro A, aqui me postro ante a magnitude do evangelho aqui partilhado - é sempre inspirador ver o que os livros da Anita têm conseguido fazer pela nossa escrita. Ámen.

A disse...

apesar de gostar bastante do teu gosto, não haverá necessidade de te prostrares.