quarta-feira, outubro 28, 2009

Saciação Semântica

Pandas, eles não fazem mais Pandas. Porque os Pandas decidiram que o tempo dos Pandas, na terra, acabou.

De forma consciente e acordada entre si, os Pandas resolveram simplesmente deixar-se de cópulas. E como todo o bom animal que não o faz, passa o dia a enfardar comida, enquanto a espécie Panda, lenta, mas certamente, caminha para a extinção.

Panda, Panda
Como a tua vida anda
Enfardas sempre que podes
Vê lá se te lembras e também.. sorris

Mas, porque é que os Pandas deixaram de fazer aquilo que os Pandas sabem fazer? Ninguém sabe. Mas os Pandas não parecem preocupados com isso. É como se o sexo entre pandas tivesse deixado de fazer sentido. Porquê, Pandas?

Panda! O Panda um dia deixará de ser Panda, para passar a ser porra nenhuma.

24 comentários:

A disse...

saciação semântica consiste em repetir tantas vezes uma palavra que esta perde o seu significado, sobrando apenas um conjunto de letras vazio. os pandas fizeram-no, com "sexo".

e eu com "panda". tentei, vá.

PWFH disse...

Se acabarem os Pandas, vai ser um pandamónio, o mundo sucumbirá às pandamias e o som das pandaeiretas não pandará.

A disse...

e dizes isso como sendo uma coisa má, ou uma coisa boa?

PWFH disse...

Boa, claro.
Sabes que eu gosto é de ver instalar-se a confusão, a algazarra e o pandamónio, dar uns passos atrás e ver enquanto arde!

A disse...

outra vez a vangloriares-te da cena do terreiro do paço, PWFH?

grassa disse...

Terás mais a ver com pandas do que alguma vez imaginaste (isto é uma private joke entre mim e o meu outro blog)...

Isa disse...

Vai mais um copo, A?

A disse...

eh lá... despacha-te a publicar isso!

A disse...

isa,

eu sei, já fiz coisas melhors. mas como estou desempregado, isto é o melhor que se arranja sem ter alguém a pagar-me para o fazer.

Isa disse...

Não te ponhas com queixumes, a rodada é por minha conta.

Vá, bota acima, bota abaixo, etc etc...

Nawita disse...

Adorei!!

Pronto, estou convencida, vou levar-lhes canela e ostras!

Vani disse...

Desculpa, desculpa, eu sei que tinha inúmeras elegias a assomarem-se, para te venerar devido a este texto. Mas essa mania deu logo lugar a múltipla contracções abdominais assim que li o comentário do PWFH (qualquer diferença na minha verborreia é mera coincidência, derivada do facto de ser o pão nosso de cada dia, ultimamente).

Vani disse...

Queres tu então dizer que, na realidade, querias fazer uma saciação semântica com a palavra sexo. Mas como és um bom ecologista, decidiste lutar pela causa dos pandas. Snif. Lindo.

Vani disse...

(ou, na verdade, queres dizer que estás como os pandas, hã??? nawiiitaaaaaaa, leva as ostras ao A!)

AD disse...

O panda do Pandev faz pendant com a flauta de Pan.

Pelo menos foi o que ouvi dizer.

Nawita disse...

Vani,

achas que é esse o caso dele?
epá ostras são caras, acho eu... mas pronto é para o A, nós mandamos.


AD,

o teu comentário tem uma conotação gay ou é impressão minha?

AD disse...

Eu não dei por nada...

Gata das Botas disse...

Parece que já há mais novidades lá no Conta-me Outra Estória!

Vani disse...

eh pah, nem sei como é q não me lembrei antes...


PANDUR PANDUR ANDANDANDURI
PANDUR PANDUR ANDANDANDURI
I PANDURANDANDURIIIIIIIII!!!!!!!!

este é o hino dos pandas a pandanzar, certo??

A disse...

de certeza, vani! seja o que isso for.

Nawita disse...

LOL Vani!

tenho a certeza de que é mesmo assim!

Vani disse...

Eu tb não sei o que é, A e Nawita. Aprendi na primária, com uma professora de música já meio xéxé... e na primária aprendi a cantar em latim antes de saber cantar em português!!!! ahahahah. Na hora de religião e moral...aquilo era tão intenso q durante toda a primária me fiz acompanhar do meu amigo imaginário, o menino Jazus. Claro que depois segui a via científica, encromomizei-me e comecei a acreditar em macacos.

Nawita disse...

Vani,
Lindo!!
E agora tens um amigo chamado Chita?

Vani disse...

Não, nawita, ele é mais como o Tarzan. Ele Tarzan, mim Cheetah! :DDD