terça-feira, outubro 13, 2009

Eu sou as outras pessoas!

Eu sou uma pessoa que facilmente se desaponta com os outros. E acreditem, somos muitos!

Cada escolha que fazemos carrega consigo a obrigação de assumir as consequências dos seus actos e cada um desses actos produz mudanças que não podem ser desfeitas, que nos modelam e modelam o mundo. Mudanças essas que são irreversíveis.

Mas sendo que é verdade que isso nos limita, que mais vezes que não, nos desiludimos e queremos mais que aquilo que recebemos, é também verdade que isso nos prova a nossa própria existência. Sabendo que somos limitados por outros, estamos também mais conscientes da nossa própria existência, e portanto, mais conscientes de que as nossas próprias escolhas implicam consequências que mudam o mundo, e que devemos fazer o melhor com as oportunidades que nos são dadas.

Tendo clarificado isto, alguém me diga onde moram os gajos que fizeram o anúncio do Pingo Doce, para eu lhes partir a casa toda!

43 comentários:

A disse...

o inferno são as outras pessoas

PWFH disse...

Não sei, onde eles moram, mas n'outro dia estive com uma míuda que depois de tantos licores tinha o pingo doce.(Ou, sweet drop, em estrangeiro) ou era diabética...

grassa disse...

Eu cá arruinava as trombas aos gajos que inventaram aquele jingle do "ó pê párá, ó pê párá, ó pê párá ó pê... ó pê párá, ó pê párá, ó pê párá ó pê"...

A disse...

PWFH, sabes que já há outros testes, mais científicos, para os diabetes?

grassa, verdade!! agora vou ficar com essa música na cabeça, como se já não bastasse a tristeza de saber exactamente do que é que falavas, apenas por ter lido o "ó pê párá, ó pê párá, ó pê párá ó pê... ó pê párá, ó pê párá, ó pê párá ó pê"

PWFH disse...

A:
Sabes que eu sou um gajo que aínda gosta das velhas modas, chama-me old school, ou atrasado, como queiras.

AD disse...

Isso lembra-me a música do pavilhão do Panamá na Expo 98: Pá-pá-pá-námá Pá-pá-pá-námá Pá-pá-pá-námá Pá-pá-pá-námá Pá-pá-pá-námá Pá-pá-pá-námá Pá-pá-pá-námá Pá-pá-pá-námá Pá-pá-pá-námá Pá-pá-pá-námá Pá-pá-pá-námá Pá-pá-pá-námá Pá-pá-pá-námá Pá-pá-pá-námá Pá-pá-pá-námá Pá-pá-pá-námá.

Bons tempos.

Nawita disse...

Gostei muito do post. Pareces a minha professora de yoga a falar.
Quanto ao anúncio, tanto o teu como o do Grassa, não sei qual é.

PWFH,
Pode ser um método antigo mas que tem feito as suas provas, acho que deves continuar assim!

grassa disse...

Uma cena que eu sempre curti foi o "ta-na-na-na-na-na-na-nan, tan-tan-tan, tan-tan-tan tan-na-na-nan tan-tan, tan-tan-tan, tan-tan-tan, tan-tan-tan ta-na-na-nan tan-tan, tan, ta-na-na-nan na-na-nan-na-na-nan, tan-na-na-na-na-nan nananana" do MacGyver.

A disse...

tu és é um romântico, PWFH. confessa!

AD, agora deixaste-me triste... porque não aproveitei ao máximo tudo o que a expo 98 tinha para me dar.

não vês televisão, nawita? o post tem um vídeo, vê quando chegares a casa.

A disse...

grassa, isso é fabuloso, tens um dom! faz agora o do justiceiro! por favor...

Isa disse...

Eu preferia antes partir-lhes a cara. Pode-se?

A disse...

opá, partir-lhes a cara implica confronto directo e eles podem ser muitos e ainda saio a perder. prefiro partir-lhes a casa, quando eles estiverem num estúdio a fazer mais anúncios daqueles, bem longe de onde eu estou.

PWFH disse...

Sim, admito, sou um romantico, um bocado à bruta, mas um romântico!

grassa disse...

A, até fazia, e não penses que é má vontade, mas neste momento não tenho tempo.

São demasiados téu téu-néu-néu-néu-néu-néu-néu-néu-néu-néu-néu-néu-néu-néus.

AD disse...

E a Quinta Dimensão? Essa é mais fácil, não? É mais numa de turururu-rurururu-rurururu.

grassa disse...

Mais fácil ainda é a do Espaço 1999: "téum... téum... téum téum... téum... téum... téum... téum... téum... téum téum téum"...

A disse...

eu invejo-vos...

grassa disse...

Esqueci-me de referir que era rapazinho para pegar fogo àquela carrinha de congelados que por aí anda a fazer "ta-na-na-na, ta-na-na-na, ta-na-na-na-nan".

PWFH disse...

Eu tenho um fetishe que passa por fazer, Shlaappp, Shlaappp, Shlaappp, Shlaappp dentro de um Ti-nó-ni-nó-ni.

grassa disse...

Eu adorava ter um "prrrrum pxxxx!" dos pratos de uma bateria depois de me vir.

Nawita disse...

A,

tem um vídeo? bem que estranhei o buraco branco ali no post, pensei que eras tu a tentar ser positivo, em vez de buraco negro...

Isa disse...

Nawita, o A não está.

Foi lá a casa dos senhores.

Nawita disse...

Ai o A agora é vÂndalo? Espero que ao menos tenha vestido um fato fixe!

Anónimo disse...

Vejam isto.


http://www.youtube.com/watch?v=QnrVZkKOOt0



Sem dúvida alguma, isto faz-me querer ir a casa da senhora e fazer como o "A".


Serenna

Nawita disse...

A,
Embora tenha tendências homicidas não tenho suicidas, daí não ter visto o vídeo até ao fim.
Se amas o nosso Portugal de Janeiro a Janeiro vai lá arrebentar com a casa deles!

Serenna,
Uma menina não parte a casa a ninguém, ainda te salpicas com a porcaria alheia. Contrata antes um capanga!

Anónimo disse...

E onde é que eu vou arranjar um?Sabes onde é que se arranjam bons capangas? Se sim, passa o contacto, é que estou mesmo com vontade de fazer isso...


beijinhos

serenna

Nawita disse...

Euh… o A está desempregado…

FruttiTutti disse...

Pois eu partia-lhes a casa, a cara, furava-lhes os pneus dos carros, escavacava-lhes os bracinhos, as perninhas, as estruturas fálicas (no caso de serem do sexo masculino) e mais que houvesse... Criam-se em mim instintos homicidas cada vez que isso me invade os timpanos...

tiagugrilu disse...

Tu és uma gaja, não és?

tiagugrilu disse...

Let's pray to the Lord you are...

tiagugrilu disse...

Amen...

FruttiTutti disse...

Sou sim senhor!

Mas isso é relevante para o caso?

FruttiTutti disse...

Sou mesmo convencida, parti do principio que a pergunta era para mim!...

A disse...

frutti tutti, era para o grassa que ele estava a falar.

serenna, se precisares diz qualquer coisa. eu fui ensinado pelo melhor. ele dizia que a vida era para ser solitária, pobre, sem esperanças, bruta e curta. o homem era um tigre!

Anónimo disse...

Ok, se faz favor, quero encomendar um servicinho...depois combinamos honorários.


serenna

tiagugrilu disse...

Não era nada para o Grassa, era mesmo para a Frutti. Fico mais descansado, porque se fosse um homem a prometer dar cabo dqas estruturas fálicas de outro, havia aqui muito que explicar.

Assim sendo, tudo normal.

tiagugrilu disse...

Serenna,

Ui!

grassa disse...

Indago-me sobre se a serenna está a encomendar FAVORES SEXUAIS ou qualquer outra coisa em minúsculas.

Anónimo disse...

hm, indagas bem, mas ficarás a indagar mais tempo: primeiro porque, neste momento, apetece-me repetir o verbo indagar e segundo porque não é nada da vossa conta. Got it?


Beijinho bom, grassita e Tiaguito

Serenna

Vani disse...

Já reparei que, ultimamente, só se fala no novo anúncio do pingo doce. É a lógica do Saramago: toda a publicidade, especialmente a má e que desponta de polémicas, é boa publicidade. O saramago vende livros, o pingo doce também. E viveram felizes para sempre.

Vani disse...

Eu costumava cantar uma cena parva do género: tum tum piscatum gatá piscatum galaribá piscatum gatinga! Oé, béribéribéribé, piscatum galaribé, piscatum gatinga!

E continuava:

Cai cai, balão, cai cai, balão,
Na Rua do Sabão!
Não cai não, não cai não, não cai não!
Cai aqui na minha mão!

E a minha professora de música obrigava--me a cantar algo do género (embora ela soubesse que eu não tinha sido talhada para soprano...):
PANDUR PANDUR ANDANDANDURI
PANDUR PANDUR ANDANDANDURI
E PANDURANDANDURIIIIII!

Então? Ganhei o prémio da maior parvoícite aguda do caixote das memórias?

Vani disse...

Esqueceram-se do tema da missão impossivel...eu só sei trauteá-lo, não o sei escrever em trauteês.

Vani disse...

Só mais um, para o caso de estarem com saudades...muahahahahaha. Deixa lá, vou ter de bazar outra vez por uns tempos.

Hasta la vista, babes!