terça-feira, julho 13, 2010

O primeiro boneco que fiz para o blogue

Foi aqui



Passou tanto tempo, que já não sei o que significa...

26 comentários:

A disse...

não sei o que significa...

Nawita disse...

Olha um bakalakadakatoon!

Eu não ri, nada.

Não acho bem gozares assim com o Pai Natal.

Isa disse...

A, espero que saibas que depois disto vais ter os mujahideen (esses cabrões)à perna,tá bem?

Acho bem que te escondas, que aquilo são meninos a atirar assim pró mal disposto e gostam pouco que os imitemos nessa coisa de dizer mal ou insultar de forma descarada os outros. Sim, porque a cultura deles é mais antiga que a nossa, portanto ... eles podem!


se precisares de uma burka, um fato da dança do ventre, um shador ou assim ( pra te disfarçares) diz.

ou de uma cave.

ou de um detector de bombas.

Isa disse...

olha a Nawita! eu a pensar que num tava cá ninguém ... Nawita! iuuuuuuu ... olá!

A disse...

aquele é o moisés... não me arranjem problemas!

Nawita disse...

Olá Isa :):)

áu do iu dú?



A,

Moisés?
Aquilo é a mochila com os 10 mandamentos?
Chegou tarde porque se perdeu outra vez?

Gosto das pantufas, coelhinhos! São fofinhos, assim a olho nu, mas eu vejo ali referência ao grande terrorista que aniquilava os cavaleiros do Santo Graal.

tiagugrilu disse...

O que eu curtia era uma bd com a motanha a "ir" ao maomé.

Isa disse...

ái Nawita! aíém a litele indispoze
uid de uorld, nating niú ...


referência quê? mas isso dos Graal não é um conjunto musical?
moisés era oriental? porra tou toda trocada!

e o que é que ele está a fazer com o TNT? vai a um concerto?

Nawita disse...

Grilu,

Estás a promover o método de tortura medieval para com o povo árabe?


Terrorista!

Isa disse...

Grilu, também já estás na lista negra. sorry mas é isso mesmo.

Ninguém "vai" a maomé e sai assim, impune.

Isa disse...

...a não ser a montanha,claro, que aquilo é grande.

Nawita disse...

Isa,

aiém sád dát iú feel like dát!

(aprender línguas na minha idade é difícil)

Moisés era um gajo irritante com a mania das grandezas.
como ninguém brincava com ele, um dia chegou com aquelas leis todas a dizer que tinha falado com Deus.
os outros de tanto beber e fumar nas festas em honra de deuses pagãos, não acharam aquilo estranho.

Isa disse...

É! antes um Uno que vários a dizerem cada um a sua coisa, é o que devem ter pensado,digo eu que não estava lá, já eu não concordo nada com isso, acho que deviamos ter vários deuses e depois falavamos só com o que nos desse mais jeito, assim tinhamos vários mandamentos e uns podiam desdizer os outros. hã?
pás, esta ideia está genial!

(e quando ele resolveu separar as águas lá de não sei onde? xente, mas será possível?ondé que aquela troupe comprava as drogas?)

AD disse...

Olha, não sabia que eras dinamarquês...

Isa disse...

Olha, o AD está vivo!

Nawita disse...

É a tal cena do “quem comigo não junta, espalha”!
Isso dos deuses que desdizem e redizem não difere do nosso governo.

Isso do separar as águas é que deve ter sido giro, deve ter sido como uma ida ao oceanário.
Nunca fui ao oceanário.
Nem ao planetário.
Também não consumo drogas.

E fiat por fiat, prefiro o Panda!

anatcat disse...

Não havia necessidade de andarem para aí montanhas de rabo ao léu.

AD disse...

Vivo mas com ar cadavérico.

AD disse...

E com a arca da Vera também.

Gata das Botas disse...

Olha, a montanha tem pantufinhas.
Que gira!

Isa disse...

Ganhou pala páscoa! acho que foi o Salman Rushdie, esse fofo.

ao tempo que não o vejo, que será feito dele?

A disse...

tá feito em postas.

Isa disse...

e fumado?

Nawita disse...

prefiro demolhado!

Vani disse...

porque é que tá toda a gente a falar com o Moisés? perdão, do Moisés?

ai,Charlton Heston...

Vani disse...

O "moisés" tem um rabo na cabeça porquê?