quinta-feira, maio 21, 2009

Aconteceu-me uma coisa dos diabos.

Quando hoje cheguei ao departamento, encontrei um papel em cima da minha mesa que dizia o seguinte:

Olá A, como pedido bimos abisar-te que desconhecemos o que seja bacalhau, nenhe temos qualquere registo sobre o que seja, pelo que "dá cá o bacalhau" é uma expressom bastante enigmática até. No entanto, achamos a sua composiçom tom inspiradora que agora passamos a usare a expressão para quando queremos uma chicla.

Saudaçoins cordiais.


"Reavivar uma antiga expressão caída em desuso ainda que não propriamente para o seu objectivo inicial" Posso riscar isso da minha lista de coisas a fazer antes de morrer!

Eu não sei se foi alguém que leu o blogue, ou não, que aqui veio colocar o papel, mas a ser verdade, folgo em saber que a escrita da língua portuguesa, no futuro, se assemelha bastante ao português falado no norte. É bom saber que os erros do passado serão corrigidos, eventualmente.

Devia ter perguntado se ainda há francesinhas no futuro. Um futuro sem francesinhas é um futuro que não vale a pena almejar.

29 comentários:

isa disse...

A, tu és engraçado e escreves coisas giras. Dá cá o bacalhau!!!
Ponto, considera a expressão reavivada e podes usar a minha mensagem para a posteridade, desde que digas que fui eu a 1ª a aderir à tua ideia de reavivar coisas.

PWFH disse...

Isa, e se eu te pedir o bacalhau, dás?

A:
Isso, do mundo sem francesinhas leva-me a ponderar o suicídio.

A disse...

isso era tudo muito fixe, isa, se eu não estivesse a tentar escrever posts trágico-românticos e sérios, mas calha-me sempre assim.

um mundo sem um prato que leva molho de cerveja e se acompanha com cerveja, por e simplesmente não é um mundo, pwfh.

Cris... disse...

Molho de cerveja????

A francesinha leva molho de cerveja????



Então era por isso...

Nawita disse...

Podem sempre fazer uma viagem no tempo e vir comer uma francesinha.
Ou visitar um Antepassado!

A disse...

...que as francesinhas escorregavam tão bem?

é capaz, nawita, não sei se ainda haverá frança no futuro.

isa disse...

A, agora entristeceste-me ...
estás por acaso a sugerir que não te levo a sério?

pwfh: não! não dou!!!
por acaso fizeste algo de extraordinário, assim como o A?
Até porque a expressão é "dá cá",
não é "toma lá"...

A disse...

eh lá! fiz coisas extraordinárias? fixe! posso também riscar isso das minha lista de coisas para fazer antes de morrer.

(pergunto-me até onde posso repetir esta expressão até ser odiado por isso, a contagem vai em 3)

não te preocupes isa, é óbvio que me levas a sério :)

isa disse...

A, pronto! assim fico mais descansada!
Até tinha mandado a francesinha para trás, tal foi o desgosto!

Vou manda-la ao pwfh, a ver se ele se anima ( o rapaz falou em suícidio, creeedo!)

grassa disse...

Isa, se deres cá ao Pwfh, será que também podes dar a mim também?

Ou é preciso ser tu cá, tu lá contigo para esse efeito?

A disse...

hei se der direito a francesinha grátis, eu também corto os pulsos, mas da maneira errada que é para dar tempo de comer a francesinha toda.

CBlues disse...

Alguém tem um admirador secreto...A, qualquer dia, estás tu muito bem na tua mesa, ouves o som da tua braguilha a abrir e vai lá estar alguém...esperemos que seja do sexo feminino...

A disse...

ainda bem que não uso calças.

mas pronto, se tu dizes que é admiradora minha só pode ser maluca... não tenho sorte nenhuma :(

isa disse...

Cblues, sou admiradora de todos.
Ou antes, era, porque de ti já não sei mulher! Qué lá isso das braguilhas e mesas e sei lá que mais?
Fransesinhas para todos e ninguém precisa de se mutilar! para ti tanbém Cblues ... vá lá ...
O A chega para todos!

isa disse...

Francesinhas! e não fransesinhas ...

Cris... disse...

Também...também...

CBlues disse...

Hey, só porque digo alarvidades de vez em quando, não mereço ser posta na mesa virada para a parede a comer a minha francesinha...não é justo!

A disse...

e eu a pensar que estavas a falar do bilhete enviado do futuro em cima da minha mesa...

d disse...

Num teinho nada haver cum issó

A disse...

tens a certeza, d? é que realmente a letra parecia-me familiar.

Anónimo disse...

Adorava ter sido eu, mas não fui...bem, quem foi o esperto??? quem foi?

serenna

CBlues disse...

E estava, daí dizer que estarias descansado na tua mesa e serias surpreendido dessa forma que poderá ser agradável ou desagradável, dependendo de quem for.
Agora não podes dizer que vais correr nu aí para o relvado em frente e esperar estar sozinho...
Já agora, D, se fores tu, vais ter de arranjar uma forma nova de surpreender o A, porque agora já está à espera. Esperam-se novos desenvolvimentos

tiagugrilu disse...

CBlues,

Começo a desconfiar que na verdade és um homem. Ninguém com dois XX tem esse tipo de imagens na cabeça.

Das duas uma: ou XY ou XXX

tiagugrilu disse...

E se a CBlues for um homem, alguém que eu cá sei atraca de popa.
LLLLOLOLOLOLOLLLL

A disse...

vá tiagu, esse lol foi genuíno ou forçado? tens que dar o exemplo.

A disse...

mas sim, concordo contigo! isso ou "tu sabes quem" é xxy, ou só xx.

tiagugrilu disse...

Só queria acrescentar uma coisa, que nada tem que ver com o que disse atrás, mas sim com a última palavra do texto do A.

OH PÁ, ALMEJA-MOS!!!

tiagugrilu disse...

cONTINUANDO,

aGORA SEM O capslock:

- Ou isso ou é panalêiro...

CBlues disse...

LOOOOOL
A expressão atracar de poupa é belíssima e deveria ser utilizada com mais frequência.
E descompensações de x e y à parte, fazemos o equilíbrio perfeito, dentro do nosso desequilíbrio. É quase poético, não é? Pois, estive a fumar umas coisas...