terça-feira, dezembro 28, 2010

Dicionário Brain Estruming - Cu do saco

s.m. Situação que não oferece saída favorável.
Dificuldade insuperável, beco sem saída.

Estranhamente, é a mesma definição que para a palavra impasse. Bem, não é assim tão estranho.

Cu do saco era a expressão antiga para um beco sem saída, literalmente e figuradamente. Era, porque o Voltaire, um homem que gostava de dar a sua opinião sobre cenas, por vezes via-se num cu do saco intelectual com outros iluministas e isso desagradava-o. Então, inventou a palavra impasse, para ser usada em vez de cu do saco. Depois foi descansar e já descansado inventou a expressão "se não existisse, tinha de ser inventado", mas isto em relação a Deus, o que não foi nada bonito.

22 comentários:

AD disse...

Em nome de quem é que estará a patente de Deus?

Vani disse...

Inventaste isso, confessa.

A disse...

confessa lá, AD.

Maria disse...

Volto cá quando estiver em modo de inteligência avançada...

Vani disse...

Tu tb, A!

A disse...

mas eu alguma vez invento alguma coisa?

A disse...

maria, mas cu do saco é um conceito simples.

Nawita disse...

Moi, j'utilise l'expression "cul de sac", pas mal de fois.
Ainsi que "Trou du cul", "t'a du cul", "t'es un lèche cul", "j'a la tête dans le cul"...
O cu serve para muita coisa!
e como Voltaire, também sou iluminada e costumo fazer coisas feias.

AD,
pergunta interessante, o que me leva a crer que ele não é mesmo de todos.

Deus deve ter sido a primeira marca a ser franchisada.

Nawita disse...

Acho que vou abrir um franchising de Deus, prostitutas e café.

anatcat disse...

wwweeeeeeeeeeeeeeeee

ó p'ra mim a comentar... tive direito porque é natal...

por momentos assustei-me, pensei que ías definir cu do rosa... livra...

:p

A disse...

nawita, deves achar que eu não percebo o francês escrito. e tens razão, mas o google translate percebe...

cat, cu do rosa é mais com a nawita.

acho que a patente de Deus está com o Adão, mas como ele é uma figura ficcional, acho que podem usar o nome à vontade.

Nawita disse...

A,

deves ter caído sobre o cu, quando percebeste tudo o que ali escrevi, olha que há mais e muito giras.

Cat,
acho que isso não se define, quer dizer, talvez se defina, mas prefiro não.

grassa disse...

De saco, prefiro o café.

AD disse...

Já de Secco, prefiro a Deborah.

grassa disse...

Já de suco, não prefiro nada. Prefiro cerveja.

o-karamelo disse...

Se o Voltaire fosse agora vivo, escrevia (ou comentava) no Brain Estruming.

Vou tentar introduzir a expressão "cu de saco" em todas as minhas conversas, mesmo que fora do contexto. É daquelas expressões que soam a autêntico, e fazem uma pessoa parecer mais intelectual. Outra destas expressões é "idiossincrassia".

Nawita disse...

a mim dá-me um ar estranho, mas é porque tenho um problema de dicção e não tenho sapatos que combinem com idiossincrasia.

Isa disse...

o-karamelo, não é de é do.
Incrivel como uma preposição pode alterar todo o sentido idiossincrático duma expressão.

Agora estou aqui num impasse, não sei se esta dor de cabeça foi do meu esforço pra parecer intelectual, ou se é o teu nome que me lembra qualquer coisa alcoolica que eu gosto muito e que depois tem este efeito em mim ...

espera

...

"hedonismo"

ouch!

grassa disse...

"Berloque" é das minhas palavras preferidas.

É uma palavra e, ao mesmo tempo, uma bonita onomatopeia para simbolizar algo a cair num balde de banha.

A disse...

andrajoso
adj.
algo que é característico do andré.


esta é a minha preferida.

grassa disse...

Queres um bom adjectivo para ti? "Amo-te".

É assim que eu te adjectivo.

Vani disse...

Ficou sem fala, tal foi a revelação...